17
dezembro

Impressora 3D dá vida nova à cão que não podia andar

Derby, um cãozinho que nasceu com uma deformação em suas patas dianteiras que impossibilitam o animal de caminhar normalmente.

Derby foi adotado por Tara Anderson, diretora do departamento de gestão de produtos da empresa 3D Systems, companhia especializada em produtos e soluções que utilizam impressoras 3D. Depois de se emocionar com o caso do cãozinho e vê-lo naquela situação, a nova amiga de Derby resolveu dar um jeito naquela situação.

Segundo o BuzzFeed, o processo começou com uma tomografia computadorizada que lhe deu os dados necessários para transformar milhares de fotos 2D em moldes 3D das patas do animal. Após algumas tentativas, Tara chegou ao modelo final, batizado de “copos de cotovelo”. Graças a uma técnica especial de impressão 3D, chamada MultiJet, a prótese é acolchoada por dentro, para comportar as patas de Derby confortavelmente, e rígida na parte de baixo, que fica em contato com o solo.

Se Derby gostou do apetrecho? Logo na primeira vez que o usou ele já saiu correndo! Atualmente, ele usa as próteses todos os dias quando sai para passear pelas ruas da Pensilvânia com os seus novos donos, Dom e Sherry Portanova.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado