17
setembro

Cochilar faz bem à saúde?

Dormir é bom, necessário e fundamental para a saúde. Mas e o cochilo? A dúvida de muitas pessoas é se aquela dormidinha curta, em algum período qualquer do dia, atrapalha ou não o sono noturno. Em alguns lugares do mundo, cochilar após a refeição é um hábito. Na Espanha, por exemplo, a famosa sesta é uma instituição.

O sono após o almoço oferece alguns benefícios físicos, como o aumento da disposição e a diminuição do cansaço. Ele também é capaz de melhorar o desempenho cognitivo. O objetivo desse cochilo,  é “liberar” espaço para armazenar informações e priorizar a absorção de novos conhecimentos. Uma pesquisa realizada na Universidade de Berkeley, Califórnia, avaliou 39 indivíduos jovens, separados em dois grupos: os que poderiam e os que não poderiam cochiclar.

Ao longo do dia, às 12h e às 18h, os dois grupos realizaram diversas tarefas como decorar rostos e nomes de pessoas. No período da tarde apenas um grupo pôde descansar por uma hora. Os componentes desse grupo apresentaram desempenho 10%  melhor nas tarefas em relação ao outro grupo. E os que não puderam dormir durante o dia perderam 10% da capacidade de aprendizagem devido ao cansaço. Matéria completa aqui

Publicado em ARTIGOS, NOTÍCIAS, SAÚDE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado