1
agosto

Banda SANTAREM chega a seu terceiro álbum


Tendo sido formada em 1998, na cidade de São Paulo, pelos amigos Alex Andreoni (guitarra) e Fernando Witcoske), a banda SANTAREM chega a seu terceiro álbum, este maravilhoso “No Place to Hide”, novamente lançado pela Die Hard Records (gravadora que sempre tem apoiado o metal nacional), sendo sucessor dos aclamados “Santarem” (2001) e “Downtown Station” (2004).
Em “No Place to Hide”, a banda nos apresenta dois novos integrantes, o baterista Agenor Vallone, e o vocalista Thiago Scataglia, que é um dos grandes destaques do álbum, e pode, desde já, ser considerado um dos melhores vocalistas do Brasil.

O estilo da banda, para quem não conhece, é um hard rock repleto de influências dos anos 70 e de rock progressivo, com pitadas de heavy metal tradicional. Mas neste novo lançamento, logo de cara podemos constatar que as músicas estão mais diretas do que outrora, o que deixou o som da banda ainda mais agradável. Não que seus dois álbuns anteriores sejam ruins, muito pelo contrário, são excelentes (principalmente o debut), mas em “No Place to Hide” a banda atingiu o ápice de sua criatividade musical, criando músicas muito cativantes. Ademais, conforme mencionado, o novo vocalista casou perfeitamente com a proposta da banda, acrescentando muito ao som do SANTAREM.

Alias, é impressionante como Thiago Scataglia se mostra a vontade na gravação, dando a impressão de que está na banda desde os seus primórdios. O vocalista consegue transmitir muito sentimento em suas interpretações, possuindo influências diretas de Michael Kiske e Geoff Tate, lembrando em algumas passagens Michele Luppi (ex-vocalista do Vision Divine) mas sem perder sua identidade própria. Aliado a isso, seguem os riffs e solos de guitarra sensacionais de Alex Andreoni, que mesclam peso e técnica na medida certa, com muita criatividade, além da cozinha precisa e técnica de Agenor Vallone (bateria) e Guilherme Furlan (baixo).

E o grande segredo para a excelente qualidade deste lançamento esta no fato de que a banda se concentrou unicamente na criação de grandes composições, sem cair nos meandros do exagero, sendo que tudo aqui esta na medida certa, e deverá agradar os ouvintes mais exigentes e cansados de bandas cujos músicos apenas visam demonstrar o quanto são bons em seus instrumentos.

Acerca do repertório do CD, após a apoteótica introdução “Escape”, a excelente “Leave it Out” já demonstra toda a qualidade do SANTAREM, com riffs cortantes e belas passagens vocais. Além dessa, se destacam a setentista “Faraway: Escape from the Haze”, mais cadenciada, e com solos belíssimos; “No Words to Say”, a melhor do disco, com riffs marcantes, vocais altíssimos, bateria correta e um baixo que mais parece um martelo batendo em nossos tímpanos; e a faixa título, com forte influência de rock progressivo. A faixa “Eternal”, regravação do primeiro disco da banda, também ficou muito boa.
A qualidade de gravação também é excelente, tendo sido o álbum produzido, mixado e masterizado por Ricardo Confessori (baterista do Angra e Shaman), que deixou o som do disco bem encorpado, sendo possível se perceber todos os detalhes das músicas.

Enfim, “No Place to Hide” é um trabalho digno de aplausos, e desde já pode ser considerado um dos grandes lançamentos de 2011, tanto em âmbito nacional, como internacional. Não percam.

Confiram o vídeo clipe de No Words to Say:



Fonte whiplash.net

Publicado em CLIPES por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



2 ideias sobre “Banda SANTAREM chega a seu terceiro álbum

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado