3
novembro

Vergonha de não ter namorado

- Há uma faixa etária que esteja mais suscetível a essa cobrança por um namorado?

Sim, os piores momentos de auto cobrança estão na adolescência, onde a menina acredita que tem quase que uma obrigação em seguir o que a turma está fazendo. E depois dos 30 anos, pois nossa cultura ainda cobra o tal “relógio biológico”. E não ter namorado significa que está longe o momento de realizar o desejo da família.

- Por que ter um namorado é tão determinante para uma mulher ser vista como bem sucedida (mesmo que ela tenha diversas outras realizações)?

Ter um bom emprego passa a mensagem apenas que ela é uma boa profissional, ser uma ótima atleta passa a mensagem de que ela é dedicada, mas ter um namorado passa a mensagem (errônea) de que ela é “mulher” e agora está completa ao lado de sua “cara metade”.

É quase que um carimbo na testa confirmando a aceitação. Ter namorado é como se a moça tivesse um “selo de qualidade” que demonstra que ela foi desejada ou aprovada por alguém.

- Mesmo se inicialmente a mulher não estiver desconfortável com não ter um namorado, ela pode passar a ficar com a cobrança?

Sim, a mulher que não tem namorado por não aceitar em sua vida qualquer um (só para cumprir o papel de namorado, como muitas fazem) vai ouvir de muita gente coisas do tipo “nossa você é tão bonita, porque não tem namorado?”. Essa frase tem uma mensagem implícita de que deve haver algo errado com ela. As pessoas não costumam pensar que ela optou por estar só por decidir que não quer ser candidata a dona de casa (mesmo casando ou namorando com o homem mais moderninho, ainda é cobrada por sua papel doméstico).

- É uma cobrança masculina ou só feminina? Uma mulher solteira é mal vista pelos homens ou é um pensamento feminino?

O mesmo acontece com o homem mas para a cultura masculina ele deve ter muitas mulheres – ser aceito por todo o batalhão, e a mulher deve ser especial para um homem apenas.

O homem que namora uma só garota, que não paquera outras, que não usa a famigerada frase “estou namorando mas não estou morto” é visto pelos homens – e mulheres também – como meio estranho.

- Mulheres com uma boa autoestima e autoconfiança também estão sujeitas a se sentirem constrangidas?

Creio que não se sentem constrangidas, mas ainda acredito que há um esforço maior da parte delas para manterem-se fieis ao que sabem ser melhor para si mesmas e não se sentirem mal por estarem sós nem saírem correndo atrás do primeiro que aparecer só para “desencalhar”.

- Você tem dicas para “cortar” o papo e deixar claro que o assunto desagrada?

Primeiro olhe para dentro de si mesma e identifique o porque de estar sem namorado. Sabemos que o ser humano foi feito para viver em grupos e que o namoro e casamento são meio que instintivos mas não precisamos seguir nosso instinto animal a vida toda. Tenha total consciência de suas escolhas, está sem namorado simplesmente porque não tem ninguém no pedaço que combine contigo, ok. Está só porque quer dar um “up” na carreira, também está ok. Sendo assim olhe bem de frente para aquele que estiver te condenando e diga – sabendo que é a mais pura verdade : “assim que eu decidir terei o namorado, enquanto isso serei a melhor companhia para mim mesma”.

Mas se tiver usando estes argumentos como desculpa e no estiver mesmo é doida para namorar mas não está sabendo como fazer, procure alguém que possa lhe ajudar a ser mais espontânea e vencer as possíveis travas.

Clínica de Psicologia

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado