10
junho

Professores de Juazeiro do Norte terão salários reduzidos em até 40%

Professora chora diante da aprovação da redução do salário dos professores em Juazeiro do Norte, no Ceará. O corte pode chegar a até 40%

Os professores da rede municipal de Juazeiro do Norte (a 548 km de Fortaleza), no Ceará, terão seus salários reduzidos em até 40%, aumento na carga horária, além de outras mudanças regidas no PCCR (Plano de Cargos, Carreira e Remuneração), aprovado pela Câmara de Vereadores, apesar dos protestos na última quinta-feira (6).

A aprovação causou desespero e revolta nos professores que recebem o piso nacional de docentes estabelecido pelo MEC, no valor de R$ 1.567, além de gratificações, que totalizam o valor de R$ 2.193. De acordo com o SSM (Sindicato dos Servidores Municipais), 2.000 professores devem ter os salários reduzidos em até R$ 650.

Devido à aprovação da reformulação do PCCR, o sindicato disse que todos os professores estão em greve por tempo indeterminado. Veja matéria completa no site uol por Aliny Gama Do UOL, em Maceió / Imagem Normando Sóracles/Agência Miséria

Veja também:

Saúde pública: quase dois milhões de brasileiros vivem sem médico
Obra do Maracanã ganha aditivo de R$ 200 mi e já custa R$ 1,12 bilhão

Dinheiro para a saúde e educação não tem.
Dinheiro para fazer um estádio de 1 bilhão tem.
O Brasil é um país subdesenvolvido com péssimas condições de vida, o nosso povo tem uma qualidade de vida terrível. Para sediar grandes eventos onde são gastos bilhões antes é preciso que o resto esteja bem. Que o povo tenha bom salário que de para comer, vestir, entretenimento e educação. Isto é garantido pela legislação.

Pagamos altos impostos por uma condição de vida deplorável. Maior parte da população brasileira é pobre ou muito pobre.

por Rodrigo Oller

Publicado em AUTOCONTROLE, EDUCAÇÃO, NOTÍCIAS, SAÚDE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado