22
agosto

Os sete princípios básicos do cérebro…

1. O princípio da utilização do cérebro inteiro
A melhoria do desempenho começa quando as pessoas são estimuladas a utilizar os dois hemisférios simultaneamente. Como? Desenvolver atividades do tipo nadar, dançar, fazer ginástica, ouvir ou tocar música, jogar xadrez, fazer arte.

2. O princípio da água
A água é o “solvente mágico” para as partículas carregadas que conduzem o impulso da informação através dos axônios. Como? Beber oito copos de água por dia. Quando em estresse, dobrar para dezesseis.

3. O princípio do oxigênio
Nosso cérebro funciona na base do oxigênio. Os movimentos enriquecem o cérebro de oxigênio. Como?
Realizar exercícios de respiração antes e durante e trabalho e, principalmente, em eventos de aprendizagem. Cercar-se de plantas em casa e no trabalho.

4. O princípio da alimentação
Além de oxigênio, nosso cérebro funciona na base da glicose. Ele retira a energia que precisa da comida que você come e do oxigênio que respira. Num adulto, o cérebro usa cerca de 20% da energia total. Para ter energia, o cérebro precisa de muita glicose. Por isso, frutas e vegetais são fundamentais na sua alimentação. Como? Incluir uma variedade de alimentos em sua dieta. Fazer um bom café da manhã.
Comer, no almoço, um lanche leve, com salada. Permanecer no peso ideal. Evitar comidas processadas.

5. O princípio do movimento
Quanto mais nos movimentamos, mais conexões são criadas dentro do cérebro. “Movimento é a porta para a aprendizagem” (Dennison). Uma completa elaboração da informação inicia quando começarmos a nos mexer. Como? Fazer exercícios pelo menos 30 minutos por dia. No trabalho, realizar movimentos de alongamento, cruzamentos laterais, mexer com os pés (enquanto pensa e aprende); outras atividades que o tirem da cadeira.

6. O princípio do pensamento positivo
Quando as pessoas pensam negativamente segregam inibidores químicos que bloqueiam ou limitam o fluxo de impulsos eletro-químicos. Por outro lado, ao pensar positivamente segregam neurotransmissores que facilitam o pensamento, a aprendizagem e a criatividade. Como? Mudar sua autoconversa com o cérebro (estado mental positivo). Fazer autoavaliação honesta. Tomar decisão de mudar. Estabelecer uma meta positiva. Escolher torna-se otimista.

7. O princípio desafio e novidade (“use-o ou perca-o”)
Quanto mais usarmos nosso cérebro (independente da idade), mais alta se manterá nossa performance.
O cérebro permanece mais denso, quanto mais o usarmos. Quando o cérebro é estimulado por desafios e novas experiências, novas conexões entre neurônios são formadas que, por sua vez, formam permanentes
caminhos neuronais. Como? Criar novos desafios para você mesmo. “Pensar fora da caixa”; ser criativo.
Sair da zona de conforto. Expor-se ao que é novidade. Aprender coisas novas todo o tempo. Mudar. Existe apenas uma estratégia que permite aos profissionais (trabalhadores cerebrais ou do conhecimento) manter sua vantagem competitiva, neste mundo que muda tão rapidamente. Esta estratégia consiste em desenvolverem a capacidade de pensar melhor, aprender melhor e criar melhor do que seus competidores. Aprendizagem, pensamento e criatividade são as funções principais do cérebro. Isto torna o PODER DO CÉREBRO o fator determinante para o sucesso neste século.

Escrito por Óscar Coelho

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE, MENTE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado