1
outubro

O poder da Auto-Imagem nas redes sociais

Se as pessoas soubessem da importância de cuidar da sua auto imagem, tomariam certos cuidados antes de postar, fotos em seus perfis, como nas redes sociais. Você sabia que cerca de 37% das empresas checam redes sociais de candidatos antes de contratá-los?
Uma imagem pode dar mil descrições para quem a vê.

O problema é quando você vira garota ou garoto propaganda, de um produto que está relacionado a vícios, violência e morte.

Você sabia que o álcool mata 2,5 milhões de pessoas por ano?
Relatório aborda também acidentes de trânsito e comportamentos violentos. Organização Mundial de Saúde (OMS).

Imagina alguém que esteja interessado em você, o que pensaria, olhando fotos suas em uma mesa cheia de bebidas? Você corre o risco de ser rejeitado(a) por alguém que mal te conhece só por causa de uma única imagem!! injusto isso não, mais é bem assim que acontece. O álcool é seu maior inimigo, e não vai ajudar a sua imagem em nada.

Relacionamento.

Há quem faça de seu romance um verdadeiro reality show: a cada briga ou fora. Uma imagem da situação é colocada em destaque em seu perfil. Às vezes, os amigos mal têm tempo de elaborar a situação, e o casal esquentado já fez as pazes. Não leve suas intimidades para o mundo. “Estamos vivendo um momento em que as pessoas se confundem sobre quais são os limites entre o que se deve manter na intimidade e o que se deve expor.

“Homens preferem namorar às mulheres mais tímidas. Elas se comportam com classe em qualquer ambiente, principalmente no familiar. Vestem-se com mais discrição. São ponderadas em suas ideias e projetos”, revela a consultora amorosa Adrianna Grannah. Suas roupas contam muito para uma primeira impressão. Não basta só saber se vestir na hora da foto, a posição dessa foto também é muito importante. É ousada ou comportada?

Nos dias de hoje, a imagem pessoal tem muito valor, não precisa ser bonita ou feia, mas a suas atitudes contam como exemplos de pessoa, e sua imagem é o seu cartão de visita.

Rodrigo Oller

Veja Também: “Hoje em dia a maioria das pessoas amam por conveniência não por amor”

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado