3
junho

O mal do século – estresse

O estresse é um mal contemporâneo e cada vez mais comum no nosso dia a dia, os estudos são unânimes em dizer que elevada carga de estresse interfere não apenas nas nossas emoções, mas também está muito relacionada à nossa saúde física.
O estilo de vida contemporâneo aliado as nossas próprias exigências pessoais elevam o nível de cobrança que exercemos sobre nós mesmos desencadeando dores de cabeça, irritabilidade, alterações no sono e apetite, cansaço excessivo, aumento da pressão arterial, dificuldade de concentração, hábito de procrastinação, diminuição da produtividade, eficiência e resoluções de problemas e muitos outros sintomas do estresse.

Mas, como fazer para diminuir essa carga que nos prejudica de forma tão grave?

Tirar férias é uma das medidas mais desejadas, no entanto, esperar até que elas cheguem não é fácil, por isso faz-se necessário buscar alternativas para encontrar o bem estar físico e mental.

Que tal criar “brechas de prazer” em sua rotina? Ao praticar com frequência atividades prazerosas criam-se válvulas de escape para a tensão, ajudando o sistema cerebral a “descansar” e assim recuperarmos o fôlego para aguardar as tão almejadas e merecidas férias.

Essas “brechas de prazer” variam de pessoa a pessoa, está muito relacionada aos seus gostos pessoais, vale inclusive inserir em sua rotina a pratica de exercícios físicos, que além de melhorar o seu condicionamento físico irá gerar sensação de bem estar e benefícios a sua saúde.

Outra medida muito eficaz é avaliar suas expectativas e exigências, muitos dos grandes vilões emocionais que nos aprisionam são ideias criadas por nós mesmos, já experimentou ser mais flexível consigo mesmo? Ou esperar menos dos outros?

E que tal fazer novas amizades? Ou regar um pouco mais os seus relacionamentos? Somos seres humanos e não podemos viver como ilhas, cada vez mais preenchemos nossa agenda com compromissos e negligenciamos a manutenção dos vínculos afetivos, inclusive dos familiares.

Faça hoje mesmo algo que você goste muito, quebre a rotina e cuide do seu bem mais precioso: a sua própria vida!

Revolucione sua qualidade de vida.

Seja profundamente apaixonado (a) pela vida,

Pois a vida é um espetáculo imperdível!”

Fonte: Augusto Cury

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado