11
outubro

O Crime das "Tristezas"

Um cérebro perturbado não pode pensar claramente, vigorosamente, logicamente. Preocupação entope o cérebro e paralisa o pensamento.
A fé é o grande antídoto para a preocupação. Temos medo porque não podemos ver o caminho. A fé vê o caminho.
O homem que pode sorrir quando tudo parece ir contra ele mostra que ele é um vencedor. O homem comum não pode fazer isso.
Na civilização não deve haver lugar para o sombrio, o triste, ou desesperado. Ninguém quer viver assim. Tais sentimentos contagiam outras pessoas. Não há nada mais contagioso do que a depressão mental e as “tristezas”.
Um homem que está à mercê de sua disposição não pode ser um líder.
Não há julgamento correto onde a mente abriga medo, dúvida ou desânimo. O julgamento deve vir de um cérebro com faculdades intactas, funcionando perfeitamente e sem nuvens negras. Não devemos agir nunca sob o domínio do medo e da ansiedade.
Quando o medo está na mente, as forças mentais são dispersas e não somos capazes de concentração vigorosa. Calma, equilíbrio e serenidade mental são absolutamente essenciais para o pensamento eficaz.
A arte das artes é aprender como limpar a mente de seus inimigos – os inimigos do nosso conforto, felicidade e sucesso. É preciso focar a mente no belo e abdicar do feio, no verdadeiro e esquecer o falso  na harmonia  e abandonar a discórdia, na vida e afastar a morte, na saúde e desistir da doença.Nem sempre é fácil, mas é possível para todos.
Exige apenas pensamentos e hábitos corretos.
A melhor maneira de afastar a escuridão é manter a vida cheia de luz. Para impedir a discórdia devemos nos preencher de harmonia, para excluir os erros devemos manter a mente cheia de verdade, para eliminar a feiúra devemos contemplar a beleza e a graciosidade, para nos livrar de tudo que é ácido e insalubre, devemos optar pelo doce e saudável. Pensamentos opostos não podem ocupar a mente ao mesmo tempo.
Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado