27
setembro

Isso que sinto é tristeza ou depressão?

Entenda as principais diferenças entre tristeza e depressão.                  

Hoje em dia, o que mais buscamos é a felicidade, mas não a felicidade temporária e, sim, aquela idealizada, o que não é nada bom. Basta nos sentirmos um pouco mais tristes que já soltamos a frase “estou deprimido”. O fato é que a doença do século não tem nada a ver com um sentimento de tristeza e essa confusão pode atrapalhar em muitos aspectos da vida do indivíduo. Nesse artigo, você vai conhecer as principais diferenças sobre esses dois estados.

Está em busca de professores de inglês on-line? A Preply é uma plataforma revolucionária que está levando o ensino de línguas para os quatro cantos do mundo. Basta acessar Preply.com e escolher um de nossos professores para começar a ter aulas presenciais ou à distância.

O que é tristeza?

A tristeza é um tipo de sentimento que passa, ou seja, é momentânea e muitas vezes até saudável porque nos faz refletir sobre muitas coisas na vida. A tristeza nos ajuda a aceitar as perdas e os sofrimentos cotidianos. Essas perdas trazem uma fase de sofrimento e angústia, que se for muito prolongada pode vir a se tornar um quadro depressivo. No caso da tristeza, que pode durar alguns dias ou semanas, o quadro se atenua e o indivíduo volta ao seu ritmo. Se a tristeza não passa, o indivíduo começa a ficar apático, indiferente e com falta de visão ou perspectiva. Os sintomas vão e voltam, mas se fixam, desaparecendo apenas com tratamento.

O que é depressão?

A depressão é um quadro muito mais sério, onde o sentimento de sofrimento pode durar longos períodos de tempo. Em primeiro lugar, a depressão não tem nada a ver com um estado de desânimo, preguiça ou estresse. A depressão é uma doença que tem como característica uma mudança que oscila, mas que permanece. Podemos considerar, por exemplo, que entre os indivíduos, a depressão possa ser como uma bebedeira, onde eles acabam ficando altos e perdendo as estribeiras. Uns tendem a ficar irritados, outros alegres, outros dorminhocos ou engraçados, mas todos têm em comum o fato de estarem alcoolizados. É exatamente isso o que ocorre em um quadro depressivo. A depressão pode ser leve, moderada ou grave e, para cada uma dessas fases, existem diferentes sintomas e transformações na vida do indivíduo.

Depressão ou tristeza?

A tristeza é um sentimento inerente ao ser humano. Todos nós sofremos quando estamos com algum problema ou ausência de satisfação diante das fragilidades ou medos. A depressão é a vingança e raiva digerida no indivíduo, enquanto a tristeza é a recusa. No caso da depressão, tudo toma uma proporção maior. A pessoa depressiva tem oscilações de humor ou apatia e indiferença e, mesmo estando triste ou em estado “normal”, não consegue deixar essas características de lado. É como se a pessoa tivesse tomado uma anestesia e ficado naquele estado de modo permanente. Apesar de esses dois quadros serem distintos, uma tristeza que perdura por muitos meses pode, de fato, levar à depressão, seja por um trauma ou sentimentos que não foram digeridos com o tempo e acabam tomando conta do indivíduo. foto: Thinkstock / Getty Images

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE, MENTE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado