6
maio

Implante faz criança surda ouvir pela 1ª vez

O Hospital das Clínicas da Unicamp é um dos poucos centros de excelência que recebem famílias de todo o Brasil, como a de Geovana, que veio do Mato Grosso.

Quanto mais cedo a cirurgia for feita, melhor para o paciente. “Em crianças que nasceram sem escutar, nosso alvo é implantar até os dois, três anos de idade, no máximo. Ou em adultos que perderam a audição e não escutam mais”, aponta Arthur Castilho, otorrinolaringologista. “Existe um outro grupo que são pacientes que nasceram sem escutar e que hoje são adultos. Aí tem uma seleção bem criteriosa porque a maior parte deles pode não ter benefício com esse tratamento”.
Geovana pode ouvir pela primeira vez ao usar a técnica:

 

Publicado em AUTOCONTROLE, MOTIVAÇÃO, REPORTAGEM por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado