16
janeiro

Estamos cansados de metades!!

Na hora de cantar todo mundo enche o peito nas boates, nos bares, levanta os braços, sorri e dispara: ´eu sou de ninguém, eu sou de todo mundo e todo mundo é meu também´. No entanto, passado o efeito do uísque com energético e dos beijos descompromissados, os adeptos da geração ´tribalista´ se dirigem aos consultórios terapêuticos, ou alugam os ouvidos do amigo mais próximo e reclamam de solidão, ausência de interesse das pessoas, descaso e rejeição.

“A maioria não quer ser de ninguém, mas no fundo quer que alguém seja seu!” Então porque escondermos nossos desejos e vontades, só por vergonha de ser diferente… CORAGEM pessoal, vamos começar amar e enxergar as pessoas por inteiro, e não apenas como mais um corpo!!

Por que no fundo, no fundo a beleza atrai, mas é o conteúdo que convence…

Texto encontrado na net (Autor desconhecido)

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado