13
outubro

Depressão será a 1ª causa de incapacitação no Brasil

As emergências ou clínicas médicas deverão mudar. Em vez de diabetes, asma ou doenças infecciosas, a principal necessidade da sociedade será de tratamento para depressão.
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a depressão será a primeira causa de incapacitação social no Brasil em 2020. Um futuro que pode ser evitado se os cuidados começarem de maneira imediata.
Apenas um terço dos pacientes deprimidos recebe tratamento e até 50% dos casos não são sequer diagnosticados. Deixar os preconceitos contra “um simples desânimo” de lado e reconhecer que sensação pode traduzir o sintoma de uma enfermidade são os primeiros passos para combater o que se configura como o principal mal da humanidade.
A depressão é a doença mais incapacitante da atualidade. Rapidamente os casos depressivos e de problemas do coração vêm substituindo tradicionais ocorrências de debilidade na saúde, como infecções e má nutrição.
A depressão já é tão debilitante ou pior que as doenças coronarianas, com alta associação à mortalidade e forte relação com suicídios. A depressão é altamente incapacitante e oferece consequências clínicas graves. A solução é começar a diagnosticar e tratar sempre mais cedo.
De 30% a 50% dos pacientes não são diagnosticados em atendimentos primários.
Entre os motivos para o subdiagnóstico estão o preconceito dos pacientes com a doença e a descrença em relação ao tratamento. Os médicos sofrem com a carência de treinamento para reconhecer os sintomas físicos e psicológicos, a ausência de tempo para fazer o diagnóstico e a dúvida sobre a eficácia dos tratamentos. Com isso, segundo o psicólogo, os pacientes entram em um sistema de bola de neve. Os médicos não psquiatras estão despreparados, e os pacientes vão de um médico a outro sem receber o tratamento adequado. Isso só agrava o quadro.
Ficar triste pela perda de um parente ou separação é uma vivência normal. Deve-se procurar um especialista psiquiatra se os sintomas durarem mais de duas semanas e interferirem no desempenho profissional, escolar e social. Nesses casos, é como se o cérebro trabalhasse contra o humor e o bem estar da pessoa, exigindo um tratamento adequado para se equilibrar. Por isso, o primeiro passo é admitir a doença e buscar o tratamento.
Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Uma ideia sobre “Depressão será a 1ª causa de incapacitação no Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado