23
agosto

Com câncer terminal, roteirista dos Simpsons doa fortuna para caridade

Sam Simon foi diagnosticado com câncer terminal no cólon e, depois que os médicos lhe deram de três a seis meses de vida, decidiu doar todo o seu dinheiro para caridade

Sam Simon, o co-criador de Os Simpsons, pretende doar toda a sua fortuna adquirida com royalties da série para programas de combate à miséria e proteção dos animais. O motivo? Um câncer terminal no cólon. Sam Simon é um dos criadores da série, junto com Matt Groening e James L. Brooks.

O roteirista e produtor de televisão de 58 anos tornou-se conhecido em toda a Hollywood por sua filantropia desde que deixou o programa, em 1993. Suas contribuições incluem a fundação Malibu-based Sam Simon, de combate à fome, a PETA , de proteção aos animais, a ONG Save The Children, e a Sea Sheperd, uma instituição de conservação da vida marinha.

Segundo a publicação americana The Hollywood Reporter, há cinco meses, Simon foi diagnosticado com câncer terminal no cólon e, depois que os médicos lhe deram de três a seis meses de vida, decidiu doar todo o seu dinheiro adquirido em royalties para a caridade. Segundo ele, o valor chega a dezenas de milhões de dólares por ano.

Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado