3
dezembro

Cadê o Conteúdo?

Analisando as notícias de hoje, cheguei a conclusão de que cuidar da vida alheia na internet e postar bobagens da dinheiro, Segundo levantamento feito pela Folha de São Paulo com 12 agências de publicidade que trabalham com marketing digital, um blogueiro cujo site tenha a partir de 40 mil acessos diários ganha entre R$ 15 mil e R$ 80 mil por mês fazendo publieditoriais.

Segundo as agências de publicidade, os melhores blogs para anunciar são os de humor e os de moda. Quero me referir apenas aos blogs de humor, muito me assusta até onde vai a ganância de uma agência de publicidade para divulgar sua marca em alguns blogs cujo o alimento de postagens são de 80% de vergonhas alheias e assuntos sem nenhuma produtividade. O humor atual está tripudiando sobre a miséria, isto não é humor. Isso significa que números$ são muito mais importantes que conteúdo.

Você pode estar pensando, isso seria uma dor de cotovelo da minha parte! Com toda certeza não, só que o humor atual virou pastelão e desgraça alheia. Quando as grandes marcas optam em divulgar seus anúncios visando apenas lucros, isso é reflexo de uma sociedade onde cresce o nível socioeconômico enquanto decresce o nível educacional.  Comentário de ‘Rodrigo Oller’
Frase de Carlos Drummond de Andrade. “Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes.”

O vídeo abaixo nos faz refletir sobre outra linha de humor. Existem limites para o humor? O que é o humor politicamente incorreto? Uma piada tem o poder de ofender? São essas questões que o Documentário – O Riso dos Outros discute a partir de entrevistas com personalidades como os humoristas Danilo Gentili e Rafinha Bastos, o cartunista Laerte e o deputado federal Jean Wyllys, entre outros.

Eu concordo plenamente com o comentário do deputado federal Jean Wyllys e vocês?

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE, DOCUMENTÁRIOS, ENTREVISTAS por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado