11
dezembro

As piores prisões são as mentais

Essa é uma foto que exemplifica bem isso.

O que impede este cavalo de sair trotando por aí? Com certeza, não é essa cadeira de plástico.

É ele achar que essa cadeira tem o poder para isso. E só.

Quantas vezes não fazemos o mesmo? Quantas vezes não evitamos situações que achamos que serão insuportáveis, ou com as quais não conseguiremos lidar de jeito nenhum?

Só que existem vezes em que decidimos encarar tais situações e chegamos à conclusão de que:

- nem foi tão difícil assim

- nem era tudo isso (era pior na minha imaginação)

 Pois é.

Na foto, a incoerência entre o poder que o cavalo dá à cadeira e o poder que ela de fato tem são bastante evidentes. Em nossas vidas, isso pode não ser não tão explícito, embora também possa ocorrer.

Então, antes de aceitar a dificuldade, a impossibilidade, a limitação, vale a pena verificar se, de fato, as coisas tem todo este poder.

 Ana Carolina Diethelm Kley

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Uma ideia sobre “As piores prisões são as mentais

  1. È oque acontece comigo; sou uma mulher moderna , forte ,trabalho sustento um filho sem a presença de um pai, mais deicho que coisas tão frageis tenho muito poder sobre minha vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado