2
fevereiro

Antes mal acompanhado do que só e com o bolso vazio?

Divórcio é um grave problema para a saúde mental. Dos fatores estressantes, o divórcio é um dos piores, perdendo apenas para a morte de um ente querido, como uma mãe, filho, amigo que tenham relação afetiva muito forte. Um software que calcula os custos de uma separação faz o maior sucesso. Terminar o casamento pode doer muito, não só no coração, para mudanças em toda estrutura de vida da pessoa, mas também no bolso.

O “calculador de divórcio” faz uma avaliação pela internet. Ele calculá quanto vai custar a divisão dos bens, viver em casas separadas e criar os filhos. O resultado é que, geralmente, os casais percebem que o padrão de vida vai cair muito.

Isso tem feito os casais pensarem muito antes de se separar. Ao saber quanto a separação vai custar, muitos casais invertem um antigo ditado. Agora é “antes mal acompanhado do que só e com o bolso vazio”. Mas isso não tem conseguido conter a onda de separações. Na China, são cinco mil por dia, quase uma separação a cada 25 segundos.

O número de divórcios vem crescendo nos últimos cinco anos e, só no primeiro trimestre de 2011, aumentou 17% em relação ao mesmo período de 2010. A falta de diálogo entre os casais e o aumento do número de casos extraconjugais continuam como os principais fatores de divórcio.

O calculador de divórcio demonstra que pular a cerca e não se comunicar é um péssimo negócio. Se esse for o motivo da separação, os gastos com advogados e outras despesas podem fazer o divórcio custar uma fortuna. Casar e manter o casamento bem é excelente para a saúde mental.

Procurar ajuda profissional antes de optar pelo divórcio é uma excelente idéia. Uma depressão pode estar levando a irritabilidade, desmotivação do casal, falta de desejo sexual. Nesses casos, a separação só piora o quadro. E o bolso.

Fonte

Publicado em ARTIGOS, AUTOCONTROLE por Rodrigo Oller. Marque Link Permanente.


Comentários via Facebook

comentários



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado