1
julho

A bela amizade de Robin Williams e Christopher Reeve

Os dois se conheceram quando eram estudantes de teatro e companheiros na Julliard. Antes de se tornarem famosos, eles prometeram um ao outro que quem estivesse bem iria cuidar do menos afortunado.

Mas ambos se tornam bem sucedidos em suas carreiras, e continuaram amigos ao longo dos anos. Após o acidente de Christopher, Robin continuou a ficar ao seu lado…

Quando sua operação mais grave se aproximava (Junho de 1995) “, Christopher relatou:” foi assustador para suportar …. eu já sabia que eu tinha apenas uma chance de cinqüenta por cento de sobreviver à cirurgia ”…. Então, em um momento especialmente sombrio , a porta se abriu e correu um sujeito atarracado, com um chapéu azul e um vestido amarelo e óculos, falando com um sotaque russo. “O homem anunciou que ele era um proctologista e estava indo para realizar um exame retal em Reeve. Foi Robin Williams, reprisando seu personagem do filme nove meses. Reeve escreveu: “Pela primeira vez desde o acidente, eu ri!”

No decorrer dos anos, Robin cobriu todos os custos do hospital que a família de Reeve não  conseguiu cobrir. …
”Meu velho amigo ajudou-me saber que de alguma forma eu ia ficar bem…”
Robin também se tornou muito envolvido dentro da Fundação Christopher Reeve Paralysis.

Christopher morreu a 10 de outubro de 2004, vítima de um infarto causado por uma infecção. Era casado desde 11 de abril de 1992 com a atriz Dana Reeve, que conhecera a 30 de junho de 1987 em Williamstown. Dana, desde o acidente de Christopher, dedicou-se exclusivamente a cuidar do esposo, uma tarefa que se provou laboriosa devido à gravidade de sua condição médica.

Ela também veio a morrer, a 6 de março de 2006, vítima de um câncer pulmonar. Desta união nasceu um filho, Will. Christopher tinha mais dois filhos, Matthew e Alexandra, frutos de uma relação anterior de dez anos (1977-1987) com a modelo inglesa Gae Exton. Seu último filho, Will, foi adotado pelo ator Robin Williams e o criou como se fosse seu próprio filho.

Robin Williams e Christopher Reeve foram colegas de quarto na Juilliard, onde estudou teatro e se tornam amigos ao longo da vida.

Ambos tiveram carreiras muito bem-sucedidas.

Eventualmente, Williams também se envolveu profundamente com Reeves fundação, a Christopher Reeve Paralysis Foundation

Williams estava sempre ao lado de Christopher ao longo de sua luta incrível com quadriplegia, até o fim.

Veja Também:

A força de Christopher Reeve
O amor é contagioso

Comentários via Facebook

comentários



8 ideias sobre “A bela amizade de Robin Williams e Christopher Reeve

  1. 12 de agosto de 2014. Realmente uma história que eu desconhecia e com certeza muitos não sabem disso.Robin um belo ser humano. Agora, os amigos irão se encontrar e se abraçar! A saudade irá acabar! Belo encontro.

    • Amigo, infelizmente não teve travessia para o céu ou encontro com Reeves. A Bíblia é bem clara na questão do suicídio. É o único pecado que não da pra voltar atrás e pedir perdão. Que se mata já está condenado ao inferno. Creio que Robin ou desconhecia isso ou não acreditou.

      • A questão do suicidio só é encarada assim pela igreja católica. Robin Williams não era católico, portanto não faz diferença…

  2. Feliz daquele que semeia Luz em sua caminhada… Quando digo que ele era um Anjo não falo pelo momento da emoção do agora…Ele realmente era um Anjo… Um homem de Bem! Deus não desampara os Anjos…

  3. Uma historia linda de amizade e amor,saudades do meu eterno super men e de Robin willians que partiu no mesmo dia que meu amado filho Christoffer que recebeu esse nome em homenagem a Christopher Reeve,descansem em paz ,que sejam sempre iluminados .

  4. Com certeza Robin willians ouviu sim a palavra de Deus, mas por vezes o ser humano tem o coração muito duro e acabam caindo nos terriveis laços do inimigo. Uma pena!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado